Uélison Sena é condenado a 39 anos de prisão por matar Paulão e o taxista Elinaldo em 2018

O Tribunal do Júri Popular condenou a 39 anos e 6 meses, o criminoso Uelison Sena Rodrigues. Ele foi o responsável pelas mortes de Paulo Correa da Silva, o "Paulão", de 42 anos, e do taxista Elinaldo Fernando Ferreira de Sousa, o "Naldo" de 41 anos. O duplo homicídio aconteceu no dia 13 de outubro de 2018. 

As vítimas desapareceram após Naldo atender um chamado de Paulão para uma corrida de táxi. O destino da corrida teria sido apontado pelos executores, que simularam um encontro de "negócios" com Paulão, mas tudo não passou de uma "emboscada". Eles foram mortos a tiros, mas antes, foram submetidos à sessão de tortura.

Os corpos foram localizados somente dois dias depois do crime, no terreno de uma residência no bairro Maicá. Eles estavam com os punhos amarrados e a boca amordaçada em uma cova rasa. O segundo acusado do crime, identificado como Wagner Sousa Santana, foi absolvido em 2021, mas o Ministério Público solicitou novo julgamento.

Fonte: Israel Mendes/ROTA

0 Comentários