Policial Militar que atirou no próprio filho vai responder em liberdade

 

Um Policial Militar foi preso depois de atirar com uma pistola ponto 40 na perna do próprio filho. A vítima é um adolescente de 17 anos, que estava tentando impedir que o pai agredisse a mãe. O caso aconteceu dentro da residência da família e só não terminou em tragédia porque os outros filhos do casal interviram e impediram o pai de matar o próprio filho.

O adolescente sofreu fratura exposta no fêmur, precisou passar por cirurgia e se encontra internado no hospital, mas não corre risco de vida.

Já o PM identificado como Laurimar de Amorim Pinto foi preso e autuado em flagrante por tentativa de homicídio, mas foi liberado pelo juiz Alexandre Rizzi para responder processo em liberdade depois de passar por audiência de custódia.

A arma usada pelo policial para atirar no filho e 10 munições foram apreendidas. Duas das balas estavam deflagradas, mas só uma acertou a vítima.

0 Comentários