Jovem de 18 anos foi assassinada com mais de 20 facadas

 

A Polícia Civil continua investigando a morte da Emily Viana, que foi assassinada na Vila Socorro com mais de 20 facadas no rosto.

Inicialmente a polícia acreditava na hipótese de que apenas um dos irmãos teria matado a vítima, mas após ouvir os depoimentos dos suspeitos, a polícia acredita que os dois irmãos participaram do feminicídio e ainda contaram com a ajuda de um amigo menor de idade.

Um dos suspeitos é o ex-namorado da vítima. Ele foi identificado como Francenildo Pontes Quintino, conhecido popularmente como Natan. Ele e o irmão identificado como Davi Pontes Quintino teriam matado a jovem de 18 anos com a ajuda de um adolescente.

Natan foi preso na tarde da última segunda-feira (12), quando outras três pessoas foram apresentadas na delegacia, mas duas pessoas foram liberadas depois de prestar depoimento. Natan e o adolescente que também participou do crime foram indiciados por homicídio triplamente qualificado com requintes de crueldade. Daniel, que está foragido, também foi indiciado.

0 Comentários