Homem que matou a namorada foi condenado a 23 anos de prisão

O Makaivo dos Santos Vieira foi condenado a 23 anos e seis meses de prisão por matar a namorada de 16 anos. A Rita Carvalho dos Santos foi assassinada com uma facada no pescoço por causa de ciúmes. 

O crime aconteceu no dia 30 de janeiro na Floresta Nacional do Tapajós, em Belterra. O Makaivo era motorista da Cooperativa da Floresta Nacional do Tapajós e usou uma caminhonete da Coomflona para levar o corpo da jovem até um ramal na cidade de Rurópolis, onde o corpo foi encontrado e o suspeito foi preso. 

Na época que o crime aconteceu, familiares do casal se mobilizaram nas redes sociais para tentar localizar os dois. Eles acreditavam que os dois haviam sido sequestrados.

0 Comentários