Cinco casos da doença de Chagas foram confirmados em Monte Alegre

 


Os pacientes são da mesma família e estão em tratamento domiciliar. Eles são da zona rural da cidade e ficaram doentes por possivelmente consumir açaí contaminado.

Uma equipe da Coordenação Estadual de Entomologia do Departamento de Controle de Endemias foi à zona rural de Monte Alegre para identificar vetores da doença de Chagas.

A doença infecciosa é causada pelo parasita Trypanosoma cruzi, que possui como hospedeiro um inseto conhecido como barbeiro que, durante a picada, costuma defecar ou urinar na pessoa, liberando o parasita. Após a picada, a reação normal da pessoa é coçar o local, no entanto isso permite a entrada do parasita no organismo e o desenvolvimento da doença de chagas.

Outras formas de transmissão estão relacionadas ao consumo de alimentos, como o caldo de cana e o açaí. O inseto hospedeiro da doença gosta de ficar nessas plantas. Por isso, os alimentos devem ser limpos e pasteurizados com cautela para que barbeiros não sejam tritutados junto com o alimento, a fim de evitar contaminação.

Confira a matéria no ROTA 

0 Comentários