Alunos do colégio São Francisco denunciam professor por assédio sexual


Nesta quinta-feira (9) estudantes da Escola Estadual São Francisco, que fica localizada na Av. Mendonça Furtado, realizaram uma manifestação na frente do educandário com cartazes e faixas para protestar contra um professor de química.

Os estudantes denunciam que uma aluna teria sofrido assédio sexual. Eles relatam que o professor passou as mãos no corpo da estudante adolescente. O caso foi denunciado à Polícia Civil de Santarém.

O assédio teria corrido durante a aplicação de uma prova. A vítima teria ficado sozinha com o professor dentro da sala de aula depois que os outros colegas foram liberados depois de concluir a avaliação.

"A gente tava em semana de provas. Aí, quando o aluno terminava de fazer a prova, o professor deixava sair. Ai a menina foi a última a terminar a prova. Ela ficou sozinha com ele", disse uma das colegas da adolescente que diz ter sofrido o assédio.

De acordo com o boletim de ocorrência, a adolescente disse que o professor tentou seduzi-la depois que entregou a prova e, em seguida, tocou no seu corpo.

Nesta quinta-feira (9), alunos e pais realizaram uma manifestação na frente da escola. Eles pedem providências, pois mesmo com a denúncia sendo oficializada na Delegacia e a direção comunicada sobre o fato, o professor de química segue dando aulas normalmente.

0 Comentários